Talvez não saiba que mais de metade da população mundial têm défice de vitamina D, essencial a todos os sistemas do corpo humano, desde a manutenção da saúde óssea até à imunidade.
Além disso, baixo níveis de vitamina D estão diretamente relacionados com a quantidade e com a qualidade do sono, podendo levar a insónias e a distúrbios do sono.

Há vários estudos sobre o tema

Um estudo feito com roedores descobriu recetores de vitamina D nas partes do cérebro que regulam o sono. Por sua vez, estudos clínicos (com humanos) descobriram que baixos níveis de vitamina D estão ligados a uma baixa qualidade do sono.

Num outro estudo, os pesquisadores analisaram os níveis de vitamina D e a qualidade do sono de 3.048 homens com 68 anos ou mais. Os participantes mediram o tempo total de sono, os tempos de vigília e a frequência, assim como a “eficiência do sono” (que mede o tempo gasto na cama versus o tempo gasto em sono). Esta análise constatou que baixos níveis de vitamina D estavam relacionados a uma má qualidade do sono , a menos de 5 horas de sono por noite, assim como a uma menor eficiência do sono.

Estamos apenas começando a entender como a vitamina D desempenha um papel no sono. Em um estudo de 2017 sobre a vitamina D e a qualidade do sono em pacientes em hemodiálise, os pesquisadores sugerem que a vitamina D pode afetar o olho fechado, interagindo com as áreas do cérebro que regulam o sono. Por outro lado, a vitamina D desempenha um papel fundamental no apoio ao sistema imunológico, e o gerenciamento da inflamação pode ajudar a melhorar a qualidade do sono.

Como obter vitamina D?

A resposta é simples: apanhar sol. Os raios solares são a melhor fórmula, e a mais fácil, para a absorção de vitamina D. Idealmente, deveríamos obter 80% a 90% da vitamina D por síntese cutânea, ficando os restantes 10% a 20% para serem absorvidos pela alimentação – a ingestão de alimentos ricos em cálcio também contribui para bons níveis de vitamina D.

Em muitos casos, as carências só são suprimidas com recurso a suplementos alimentares. Mas quando falamos de sono é necessário ter em atenção que a vitamina D tem um efeito inverso ao da melatonina (a hormona do sono).

Por outras palavras, que o aumento dos níveis de vitamina D pode suprimir os níveis de melatonina. Portanto, converse com o seu médico sobre quando deve tomar suplementos e a que hora do dia deve fazê-lo, de forma a não criar interferências no seu sono.