Desde o nascimento e até aos 6 meses, o bebé ajusta os seus ritmos biológicos e precisa da ajuda do adulto para regular-se. A partir dos 8 meses, o bebé pode começar a dormir sozinho, mas isso deve acontecer de forma gradual para que não se sinta abandonado e com medo.

Assim, estabelecer uma rotina saudável para a hora de dormir, desde o primeiro dia de vida, é fundamental para que o bebé crie hábitos de sono adequados e essenciais ao seu desenvolvimento. Enquanto dorme, o bebé produz hormonas de crescimento, o seu cérebro estabelece ligações neuronais, ativa a sua memória e as suas capacidades de aprendizagem.

Apesar de o padrão de sono variar de bebé para bebé – dependendo de factores como o seu temperamento, entre outras condições ambientais – desde logo, deverão ser considerados alguns aspectos externos como a iluminação e a temperatura do quarto (idealmente entre os 18ºC e os 22ºC) para criar um ambiente acolhedor.

É importante deixá-los aconchegados, mas de forma a que a liberdade dos seus movimentos não fique limitada. Isto diminui a probabilidade de se sentirem incomodados ou sobreaquecidos. Durante o dia, a iluminação natural deve ser mantida, tal como os ruídos normais da casa. Não interferir nos padrões de sono é também bastante importante. Não são os bebés que se adaptam ao ritmo dos adultos, mas o contrário. E é preciso lembrar que manter o bebé acordado mais tempo durante o dia, não é sinónimo de noites bem dormidas.

Ao final do dia, um banho morno e uma massagem suave enquanto mantém o contacto visual com o bebé e conversa com ele de forma tranquila, são também formas de induzir o relaxamento. Durante a noite, deve haver apenas uma luz de presença e interação com o bebé deve ser feita de forma calma, apenas para alimentá-lo e mudar a fralda.

E, os bebés devem adormecer ao colo?

A opinião dos pediatras é unânime em relação a este ponto: não deve adormecer o bebé ao colo e deitá-lo quando estiver sonolento, mas ainda acordado. Isto vai ajudá-lo a aprender a adormecer sozinho, sem ter de ser embalado ou amamentado.